Amor de Almas

Sentes uma forte conexão com alguém, e esta sai da tua compreensão? Então verifica neste artigo, se poderás estar a experienciar um Amor de Almas.

Compartilhar nas Redes Sociais:

É possível que o teu grande amor seja, ou venha a ser, o maior desafio da tua vida.

É provável que esse amor, seja uma alma companheira que te acompanha vida após vida. Chega de maneira inesperada e nos momentos em que precisas, para te ajudar no teu processo de evolução, te lembrar de quem és e para onde caminhas.

Estes amores trazem grandes aprendizados e poderás reconhecê-los, porque existe uma ligação muito forte e intensa, quase como um íman que te atrai para a pessoa que não sabes de onde vem, o teu coração palpita e dá sinal quando a pessoa amada  está por perto, tu sentes a sua presença, consegues vê-la e senti-la para além daquilo que os olhos mostram e para além da aparência, por mais que os anos passem, aquela pessoa fica guardada num lugar especial em teu coração, é aquela que não consegues esquecer e sempre acaba por ser lembrada, existe um impulso inconsciente que não sabes muito bem de onde vem, que te leva a procurar ou a querer saber notícias dela. Estes amores não consegues odiar, o teu coração sempre perdoa. Sentes que este amor faz parte de ti e de quem és.

Aqui a ligação é espiritual, de alma para alma e de coração para coração.

Espiritualmente não é permitido a estes amores ficarem juntos, até que, estas 2 almas cumpram o propósito da sua própria evolução individual.

Então começa o desafio, porque um está mais consciente deste amor, enquanto o outro rejeita, é o propósito desta. É  um amor que vai te magoar diversas vezes, para te direcionar ao teu caminho, para te levar a olhar para ti próprio, levar-te a te autoconheceres e a aceitar a vida como ela se apresenta, a saberes te colocar em primeiro lugar, a impores os teus limites e a conseguires viver feliz contigo, sem delegar essa responsabilidade ao outro. Também é aquele amor que chega até ti, nos momentos mais difíceis da tua vida, para te lembrar que não estás sozinho no caminho.

Este amor sai muitas vezes da nossa compreensão humana, existe um querer e não querer, é contraditório, por vezes queres rejeitar este sentimento profundo, tirá-lo de ti, esqueceres que existe e o sentes, como em determinados momentos, te orgulhas de o sentir e de tudo o que de bom te traz. Desejas ter a possibilidade de viver todo esse amor como o sentes e como ele vibra no teu coração, anseias pelo momento e/ou pela vida, em que o vosso aprendizado individual se conclua e a permissão espiritual vos seja concedida, para viverem plenamente este amor e cresçam  a partir dali, em conjunto.

Estas duas almas, espiritualmente falando, possuem um elo muito forte e sempre caminham lado a lado, estão uma para a outra e sempre se procuram, embora e mesmo que os corpos estejam distantes, ou até a viver outras experiências, ele perdura além do tempo e do espaço.

Elas sabem que “pertencem” uma à outra, e antes de encarnarem nesta vida,  acordaram e se propuseram a trilhar este caminho, a passar por todos estes desafios para se ajudarem mutuamente a crescer e a evoluir.

Portanto, se estás a passar por esta situação, confia no fluxo da vida, abre o teu coração para os ensinamentos, liberta as emoções negativas e olha para ti com amor e compaixão e fica ciente que tudo está exatamente como deve estar, tudo segue o seu próprio propósito. E não te esqueças que  a nossa existência não termina aqui, ela é contínua.

Agradece a possibilidade que te é  dada de poderes sentir o amor desta forma e agradece à tua alma companheira por te ajudar a crescer e a seres um Ser Humano melhor, pois ela sempre te desafia a procurares a tua melhor parte. Acredita que o momento da vossa união chegará, no momento certo, e se não nesta encarnação, talvez na próxima 😉 mas enquanto isso, VIVE e não coloques a tua vida em STAND-BY!

Sobre o autor | Website

Terapeuta de Desenvolvimento Humano e Coach na Vertente Psicológica. Acredito que todos nós dispomos de uma força interior motivadora, capaz de gerar uma transformação completa na nossa forma de estar na vida. Num momento de grande sofrimento interno, em que me perdi de mim mesma, fiz uso dessa força e encontrei o amor-próprio, o equilíbrio emocional, a paz de espírito e a harmonia comigo e com os outros. EU CONSEGUI, TU CONSEGUES!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!